Cronologia


1897
-Nasce em Dobrzcynica, na Galízia, no Império Austro-Húngaro, em 24 de março, Wilhelm Reich.
1914 – Morte do pai. - Eclosão da 1ª guerra mundial.
1915 – Alista-se no exército Austro-Húngaro, servindo na frente italiana.
1916 – Torna-se oficial de infantaria.
1917 – Revolução socialista na Rússia.
1918 – Fim da 1ª guerra mundial. Volta para Viena onde vai estudar medicina. Nos momentos livres se dedica a estudar música (piano). Início da República de Weimar.
1919 – Convidado a participar da Sociedade Psicanalista de Viena. Escreve seu primeiro trabalho baseado na teoria psicanalítica, mas que não é publicado: “Peter Gynt, conflito da libido e alucinações”. (Vide ” Primeiros Escritos “)
1920 – Ingressa na Sociedade Psicanalista de Viena.
1921 – Casa-se com Annie Pink, uma colega do curso de medicina.
Escreve para a reunião da Sociedade Psicanalista de Viena, em 14 de dezembro: “Sintoma complexo de conversão histérica”. A partir desse momento torna-se assíduo colaborador das reuniões realizadas na Sociedade Psicanalista de Viena e da Revista Internacional de psicanálise.
1922 – Forma-se em medicina. Torna-se o primeiro assistente clínico de Sigmund Freud na Policlínica Psicanalítica de Viena.
1923 – É publicado pela Revista de Sexologia, o seu trabalho “Sobre a energia dos impulsos”. (Vide ” Primeiros Escritos “) Ao estudar os trabalhos de Karl Marx e outros socialistas históricos, é ganho para a causa socialista, decidindo, assim, ingressar no Partido Comunista da Áustria. Procura, deste modo, conciliar as idéias marxistas com a teoria psicanalítica. Publica: “Sobre a genitalidade”. (Vide ” Primeiros Escritos “)
1924 – Torna-se diretor do Seminário para Terapia Psicanalítica. Nasce Eva, sua primeira filha. No Congresso Psicanalítico de Salzburgo, a sua exposição sobre a potência orgástica gera as primeiras fissuras com a psicanálise.
1926 – Conferência sobre a análise das resistências (couraças caracterológicas) à qual Sigmund Freud explicita a sua divergência.
1927 – Inicio dos conflitos de Reich com Freud. Várias são as desavenças, mas as principais se estabeleceram na vontade de Reich em realizar uma interpretação marxista da psicanálise; na ênfase dada a idéia que todas as neuroses teriam como base o sexual; e, finalmente, ao clima gerado na recusa de Freud em ser o analista de Reich (No entanto, já havia sido estabelecida, pelo próprio Freud, uma norma na qual não teria como analisandos pessoas de seu círculo próximo). Publica seu livro “A função do orgasmo”. (Editado em português como ” Psicopatologia e Sociologia da Vida Sexual “) Passa curto período internado em um  hospital para se recuperar de tuberculose. Ingressa oficialmente no Partido Comunista Austríaco.
1928 – Torna-se vice-diretor da Policlínica Psicanalítica de Viena. Escreve para a Revista de Psicanálise: “Sobre a análise do caráter”. Nasce Lore, sua segunda filha.
1929 – Quebra da Bolsa de New York, início da grande crise econômica mundial.
Funda a Sociedade Socialista para Consulta Sexual e Investigação Sexológica.
Abertura do primeiro Dispensário de Higiene Sexual para Trabalhadores e Empregados, que proporciona informações livres sobre o controle da natalidade, educação sexual para adolescentes e crianças etc. Publica o livro: “Materialismo dialético e psicanálise” Viagem à Moscou, onde faz duas conferências: uma na Academia Comunista de Moscou sobre “Sociologia e psicologia”, e outra no Instituto Neuro-Psiquiátrico, sobre “Prevenção da neurose”
1930 – Deixa o cargo de vice-diretor da Policlínica Psicanalítica de Viena, e de diretor do Seminário para Terapia Psicanalítica. Publica os livros: “Excitação sexual e satisfação sexual”, “Maturidade sexual, abstinência, moralidade no casamento” e “Dialética e psicologia” . Ida para Berlim, para fazer psicanálise com Rado.
1931 – Fundação Sexpol-Verlag em Berlim, que se expande por toda Alemanha, contando com a participação de até 40 mil membros. O sucesso é tão intenso que repercute como uma onda por toda Alemanha, causando alarme no Comitê Central do Partido. Procura unir as idéias dos primeiros escritos de Freud com a práxis revolucionária, em uma tentativa de ampliar a luta do proletariado na sua emancipação econômica, política e sexual. Publica: “A luta sexual da juventude”. Publica: ” Irrupção da moral sexual repressiva “.
1932 – Conhece Else Lindenberg, sua segunda esposa , não oficializando legalmente a união. Publica: “A irrupção da moral sexual”. Publica: “O caráter masoquista”, que se contrapõe a conceituação freudiana do masoquismo. (In: “Análise do caráter” ).
1933 -
Publica: “Análise do caráter”. Publica: “Psicologia de massas do fascismo”. Hitler torna-se chanceler da República de Weimar. Expulsão do Partido Comunista, que considerava “pequeno burguesa” sua preocupação com a miséria emocional das massas. Foge para Viena com a ascensão dos nazistas ao poder. Ida para Copenhagen. Expulsão da Associação Psicanalítica Internacional.

1934 – Publica: “O que é consciência de classe?”, em Copenhagen. Muda-se para Oslo. Entrega-se a pesquisa biofísica.
1936 - Publica o livro: “A revolução sexual” Funda o Instituto para Bio-investigação Sexo-econômica, que embora na Noruega, tinha como língua oficial o alemão, e, a maioria de seus pesquisadores eram alemães refugiados do nazismo.
1937 – Publica: “Reflexo do orgasmo, postura muscular e expressão corporal.”
Inicio da campanha dos jornais noruegueses contra Reich.
1939 – Conhece Ilse Ollendorf. Pesquisa os bions. Ida de Reich para New York, USA.
Separação de Else. Eclode a 2ª guerra mundial com a invasão da Polônia em 1º de setembro.
1941 - Entrevista com Albert Einstein. Ataque Japonês a Pearl Harbor e entrada dos EUA na guerra. O FBI começa a investigar Reich como possível ativista subversivo.
1942 – Adquire terrenos em Forrest Hills, New York, onde instala o seu laboratório do Instituto Orgon. Publica ” A descoberta do orgon – I : A função do orgasmo “.1944 Nasce em abril, Peter Reich. Divulga e põe no mercado os acumuladores de orgon.
Invasão da Normandia.
1945 – Escreve a “Praga emocional”. Reedita a ” Análise do caráter “. Explosão das primeiras bombas atômicas no Japão. Fim da 2ª Guerra Mundial.
1946 – Início da Guerra Fria.
1948 - Publica: ” A descoberta do orgon II : A biopatia do câncer”. Publica: ” Escuta Zé Ninguém “, 1949. Surge a Fundação Wilhelm Reich em Rangeley, Maine.
Triunfo da Revolução Socialista na China.
1950 – Guerra da Coréia, acirramento da Guerra Fria e ascensão do senador direitista McCarthy.
1951 – Publica: ” Éter, Deus e o Diabo “.1953 Publica: ” O assassinato de Cristo “.
1954 – A FDA (Federal Food and Drugs Administration) instaura um processo contra Reich em razão da comercialização dos acumuladores de orgon. Reich se recusa a comparecer ao julgamento, pois se nega ser julgado por realizar pesquisas científicas, e afirma que só responderia por suas atividades à uma comissão de cientistas, e não à juizes. É condenado a cessar suas atividades médicas, além de ter todos os seus livros proibidos. (Vide “When Eagles Fly”, uma peça de Martin Bell sobre o julgamento de Reich na sua íntegra).
1957 - Em 11 de março é preso na Penitenciária Federal de Lewisburg, na Pensilvânia. Em 3 de novembro morre na prisão. Por ordem judicial, livros e instrumentos de pesquisa são destruídos.
1960 – Novamente, publicações são queimadas por decisão judicial.